Escalões de IRS sobem para número recorde

Escalões de IRS sobem para número recorde

“O IRS começou por ter cinco escalões. O máximo até hoje são oito, nunca tivemos nove“, confirma João Espanha, da Espanha e Associados, em declarações ao ECO.” (…)

“João Espanha é mais crítico em relação à medida sinalizada pelo primeiro-ministro, esta segunda-feira. Ao ECO, o fiscalista explica que o terceiro e o sexto escalões do IRS concentram, respetivamente, cerca de 70% e 20% dos agregados que pagam IRS, “mas a receita daí advém é relativamente escassa”. Daí que o desdobramento em causa poderá “não ter grande impacto na receita” e corre o risco de ser sinónimo de dar “uns tostões a muita gente, que se deslumbrará com tamanha generosidade”. “É politicamente vantajoso, mas não terá grande impacto na vida das pessoas”, salienta. “Esta medida agora anunciada parece-me ser pouco mais do que um detalhe eleitoralista, pelo que, a verificar-se, pouco ou nada mudará“, acrescenta.”

Comentário de João Espanha ao Jornal ECO, AQUI

Tags:
IRS
João Espanha

João Espanha

Sócio Fundador/Advogado

Contacto